Logo CucoStation- branco -01.png
  • Cuco Station

São Paulo, a cidade do Jazz no Brasil



Artistas ocupando o espaço público em São Paulo. Reprodução de Internet.

“Crescem flores de concreto

Céu aberto ninguém vê

Em brasília é veraneio

No rio é banho de mar

O país todo de férias

E aqui é só trabalhar

Porém com todo defeito

Te carrego no meu peito”

São Paulo é a cidade do Brasil mais retratada nas letras das músicas dos nossos compositores. Entre todas, talvez Tom Zé tenha feito a melhor definição: mesmo com todos os defeitos, nós amamos essa cidade.

Podemos considerar São Paulo a capital da música do Brasil. Isso porque, além de ser a mais citada nas letras, a cidade possui uma diversidade única nos ritmos e nos gêneros que são consumidas por seus moradores e visitantes.

Todos os ritmos que hoje são cultivados pelos bairros paulistanos têm uma história ligada à cidade, mas quando se fala de Jazz, São Paulo foi a cidade pioneira na America Latina.


Foto do evento Jazz Mansion. Foto por Nayara Spina.

O jazz surgiu entre 1890 e 1910 em Nova Orleans, EUA. O gênero musical tem suas raízes na música negra americana, trazida pelos escravos. A maior influência do jazz foi o Blues, também derivado das canções de trabalho dos negros.

O rítmo demorou quase meio século para chegar ao Brasil. Primeiro, na década de 60, surgiu um movimento musical denominado Bossa Nova, ou segundo chamam alguns, o Samba-Jazz. Era um jazz com influências do samba brasileiro, ritmo também trazidos pelos escravos.


Chico Buarque. Reprodução de Internet.

Mas foi nos anos 90 que o Jazz realmente desembarcou no país. O começo da década iniciava-se, lá nos EUA, um Jazz maduro e consciente em sua nova formatação.

Os músicos efetuaram estudos regressivos de análise técnica e recriaram as formas autênticas do Jazz. Houve um interesse no estudo de intérpretes do passado, voltado para o aperfeiçoamento musical.

Foi nesse período que o mariliense Luís Fernando Mascaro, um veterinário e baixista apaixonado por música, visitou pela primeira vez essa cidade de Nova Orlens, em 1987. Ele ficou obcecado pela ideia de recriar, em São Paulo, a atmosfera típica dos bares do French Quarter, o bairro mais famoso da cidade.


Cidade de Nova Orleãs. Foto por Luis Gomez

Mascaro voltou de sua viagem e trouxe na mala o sonho de recriar aqui tudo que encontrou por lá.

Até que em 13 de dezembro de 1993, ninguém menos que o rei do blues, B.B. King (1925-2015), inaugurou o espaço.

No vídeo abaixo foi quando o musico voltou a se apresentar na casa, em 2012.


BB KING Live at Bourbon Street Club Brasil

O Bourbon é considerado pela revista norte-americana Downbeat “uma das melhores casas de jazz do mundo”. O local recebe apoio do New Orleans Convention and Visitors Bureau, instituição oficial de divulgação da cidade, e é considerado a segunda casa dos músicos de lá, que se referem a ela como “Nova Orleans fora de Nova Orleans”. O clube expandiu os limites físicos para produzir e promover eventos que reuniram até 160 mil pessoas – caso de Ray Charles (1930-2004) no Parque Ibirapuera em 1995.

Hoje os moradores e visitantes da cidade encontram um roteiro muito diverso para quem quer consumir a cultura do jazz. Desde festas que passam por mansões históricas, como a Jazz Mansion, até bares que juntam uma boa culinária com música de qualidade.

Conheça um pouco mais sobre as iniciativas:


Somos uma agência produtora de experiências através

de eventos, ativações e conteúdo.

Projetada para compartilhar ideias que a gente quer tirar

do papel, conectar pessoas que a gente quer nos envolver

e criar experiências que a gente quer sentir

Faça diferente, faça o novo, faça de novo

#unboxyourmind

Grupo Cuco - Lab de Marketing Experiencial

Rua Cardeal Arcoverde, 2365 - 12º andar - Pinheiros

Tel: 11 97660 1190

Fale conosco: dennisvianez@grupocuco.com

™ CUCO. Todos os direitos reservados

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
Vamos marcar um papo?