Logo CucoStation- branco -01.png
  • Cuco Station

A comemoração do Dia Nacional do Samba será dentro dos vagões da CPTM



Já pensou em participar de uma roda de samba enquanto viaja pelos trens de São Paulo? A ideia parece um pouco estranha, mas é assim que será comemorado, neste domingo (03) , o Dia Nacional do Samba.

A CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos irá disponibilizar uma composição na linha Esmeralda ( Grajaú / Osasco) na qual cada vagão será composto com uma Roda de Samba.

A roda de samba vai partir de Grajaú e vai até Osasco. Depois retorna e desembarca na estação Socorro onde a população será recebida com uma grande festa. Na rua Eloi Chaves (ao lado da ponte do socorro) terá uma mega estrutura com praça de alimentação, feira de artesanato e shows com participação das comunidades.


O “Samba no Trem”, como é chamada a festa, possui 11 anos e já se tornou um evento cultural na cidade de São Paulo. Mas o costume de cantar e dançar dentro dos trens não é de hoje.

O samba surgiu dos antigos batuques trazidos pelos africanos que vieram como escravos para o Brasil. Esse som sempre trazia referências religiosas que os negros utilizavam como um ritual de comunicação.

No começo do século XX, o samba foi se afirmando como gênero musical popular dominante nos subúrbios e, depois, nos morros cariocas. Por ser ligado aos escravos, carregava um estereótipo negativo e havia muito preconceito vindo da elite e das autoridades do Brasil.


Os sambistas eram perseguidos e a repressão policial contra o gênero musical era grande. Por isso, os músicos cantavam no interior dos trens, na volta pra casa, como forma de fugir dessa perseguição .

A partir dos anos 30, o samba ganhou grande espaço na indústria fonográfica e foi conquistando os espaços que antes eram negados ao gênero. Getúlio Vargas utilizou o samba como forma de propaganda a sua política ditatorial do Estado Novo.

A exemplo das doutrinas fascistas da Europa, o governo de Vargas sempre se caracterizou pela exaltação ao nacionalismo. Como a maioria da população brasileira sempre foi negra, o presidente utilizou o gênero musical como recurso.

Entenda esse período


Nos anos 70, o movimento se consolidou como uma manifestação cultural de massa, representativa de todo o Brasil e presente no mundo. Nesse momento, surgiram alguns dos nomes ainda hoje mais conhecidos como Alcione, Bezerra da Silva, Paulinho da Viola, Cartola e Clara Nunes, que chegavam aos primeiros lugares nas paradas de rádio.

Já o Dia Nacional do Samba é comemorado no dia 2 de dezembro pela iniciativa do vereador baiano Luis Monteiro da Costa. A ideia surgiu para homenagear o sambista Ary Barroso.

Ary já tinha composto seu sucesso "Na Baixa do Sapateiro", mas nunca havia posto os pés na Bahia. Esta foi a data que ele visitou Salvador pela primeira vez.

Mais informações sobre o evento - http://bit.ly/sambadotrem


Somos uma agência produtora de experiências através

de eventos, ativações e conteúdo.

Projetada para compartilhar ideias que a gente quer tirar

do papel, conectar pessoas que a gente quer nos envolver

e criar experiências que a gente quer sentir

Faça diferente, faça o novo, faça de novo

#unboxyourmind

clientes

Grupo Cuco - Lab de Marketing Experiencial

Rua Cardeal Arcoverde, 2365 - 12º andar - Pinheiros

Tel: 11 97660 1190

Fale conosco: dennisvianez@grupocuco.com

™ CUCO. Todos os direitos reservados

cadastre-se para receber a cápsula de conteúdo cuco
  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube